quinta-feira, 1 de março de 2018

Coaching - dia 0

Quem já fez? Quem é coach?

Decidi recorrer a um coach. Career coach para ser mais precisa. Ontem fiz a minha primeira sessão. Ao fim de 10min estava mais cansada do que depois de trabalhar o dia todo! Diria que foi uma espécie de introspecção forçada. Fui confrontada com uma séria de limitações que tenho imposto a mim própria e nunca consigo explicar o motivo de o fazer! Deu-me o nervoso miudinho várias vezes, ria-me! E depois enchia os olhos de lágrimas. Ao fim de 1 hora senti-me exausta! Vim embora com um compromisso que tenho de cumprir em 15 dias. É um prazo simpático. Como vou cumprir, não sei. Estou como o tolo no meio da ponte! Nunca me passou pela cabeça ser "empreendedora". Consigo ter várias ideias mas todas me parecem idiotas.
Ontem estava super animada hoje, para além de estar cansada, estou frustradíssima e aminha motivação está abaixo de zero. Mas dizem que faz parte. Será que é mesmo assim?! No gráfico da mudança estou entre a negação e a raiva [agora entrava aqui o emoji que chora a rir].
Ideias de negócio precisam-se!

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Keep searching

Encontrei há minutos uma pessoa que não via há bastante tempo, para dois anos, julgo. E depois de me contar o porquê de não a ver há tanto tempo, terminou dizendo que nada acontece por acaso.
Em minutos, deu-me uma lição de fé, de esperança, de "acreditar", que me fez sentir envergonhada da minha conice recente com as  merdas do trabalho, com as minhas incertezas e tal. Se calhar nada acontece por acaso mesmo...
Não, não é caso de desistir do que acho que é melhor para mim ou do que quero. Isso seria conformismo! Mas menos vitimização e mais luta! Há-de haver algo aí reservado para mim e eu não vou deixar de procurar.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Ele há bloggers que não valem um chavelho

Basicamente, sou uma blogger de merda!
Só me lembro de cá vir quando estou na fossa com mil stresses na cabeça e não sei para onde me virar! [dei uma gargalhada]
Facto é que as minhas instrospecções são sempre complicadas e quando batem, batem fundo.
E eis-me aqui, a caminho dos 35, descontente como sempre, a odiar este emprego mais que nunca, a procurar uma nova oportunidade como um vira-lata faminto, a ir a entrevistas e a pedir favores que me moem as expectativas até ao tutano para que nunca nada dê em nada.
Junte-se o Inverno, o meu sistema imunitário deficitário mais o stress  e a ansiedade que arrasam o que dele resta. Constipações, infecções respiratórias, gastroenterite. Cabelos brancos a nascer em barda. A ginecologista a dizer para eu não adiar demasiado as decisões que tudo na vida tem "um tempo". Pff!
Tudo tem vindo a ser adiado na minha vida! Tudo.

quinta-feira, 2 de março de 2017

Das questões

Se tudo o que vivemos na vida tem uma função, função de nos ensinar algo sobre nós, sobre o rumo a tomar, eu pergunto-me, eu MATO-ME a pensar porque RAIO somos capaz de ignorar quem nos quer bem, incondicionalmente, quem está disposto a fazer tudo por nós... e depois damos uma importância de merda a quem não nos é NADA, a quem só vê em nós algo que dá jeito quando não há mais ninguém por perto, que não entende o nosso olhar quando estamos na pior e continuamos a sorrir??? Eu pergunto: que puta de lição é esta???

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Lobo Antunes...

...como só ele sabe ser!

Encontrei uma citação quase perfeita:

"Os fins-de-semana são horríveis para os casamentos. Em Portugal resolveram o problema com um jornal enorme, que vem em saco plástico."
💓

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Criatura marinha pode ser o mais antigo antepassado do Homem

Assim que vi este artigo muita coisa ficou clara na minha cabeça!

Visivelmente a espécie humana não está toda no mesmo grau de desenvolvimento, essa era a minha única certeza. Depois do artigo, fiquei a perceber por que tanta gente defeca pela boca.

Ver aqui o peixinho