segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Da Independência

Um dia, era eu uma miúda ainda, a minha mãe disse-me que a independência de cada um era algo impagável e que não deveria nunca abrir mão dela. Não liguei. Não precisava ligar. Possivelmente também não terei entendido. Mas agora entendo. Aprendi agora. O meu maior bem, o meu maior trunfo, a minha maior conquista é a minha independência. E nunca abdicarei dela.

Sem comentários:

Enviar um comentário