quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Oh malta que vai ó ginásio!

Vocês conseguem sempre lembrar-se de tudo o que vão precisar no vosso treino quando preparam o saco??
Epah! O exercício para mim começa muito antes de lá chegar! Fiz um esforço enorme para garantir que não me esquecia de nada e agora percebi que deixei ficar a garrafa de água e a toalha! Para já é só isto. Quero ver quando lá chegar....

Chatinhos os pais e os seus petizinhos

Se calhar já disse isto. E desculpem -me se firo alguma susceptibilidade mas.. a malta que entretanto tem filhos fica tão enjoativa. Fodasse, trinta e tal anos de vida em quase todos os casos e nunca tinham sido felizes, nunca tinham sentido amor, nunca tinham sentido orgulho, etc etc etc? Deu-lhes assim tudo duma só vez? E então acham que é fixe despejar essa merda toda no Facebook e demais redes? Epah, lambuzem lá as criancinhas com os vossos beijos e mel em casa. EM CASA! Há vida para além dessa vossa felicidadezinha melosa. Lamento mas a vossa prole não é assim tão fascinante! Leiam livros. Façam viagens. Vejam bons filmes. Conheçam pessoas interessantes. Ah, esperem. Não podem. Têm de ir mudar a fralda. Têm de levar os chatinhos a 3 festas de aniversários de outros chatinhos, durante o fim-de-semana. Têm de conversar com os outros paizinhos e maezinhas sobre os dentinhos a nascer, a virose no infantário e no treino para o pote.
Temos pena :)
(que mázinha que eu fui agora, hein???)
Ah! E aquela do "vê-se logo que não tens filhos" não cola. Aliás, faz-me mesmo não ter vontadinha nenhuma de os ter!

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Ginásio: dia 1

Dói-me tudo. Até as falanges, falanginhas e falangetas dos dedinhos todos. Esta é a actualização possível.

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Ginásio: dia 0

Desde o regresso das férias que tinha decidido que precisava mesmo de fazer desporto, ter um escape que me permitisse relaxar do stress dos dias e da porrada de merdas que faço, assim como precisava de algo que me oleasse as juntas e articulações. Já tinha visto de alguns dos ginásios das redondezas. Se em alguns não me agradaram as paneleirices, outros não me agradou o preço e, principalmente, abomino a treta de haver um contrato de fidelização. Odeio isso! Eis que, na semana passada, preenchi um formulário de contacto online na página de um ginásio que fica bem perto de "uma das" casas onde já vivi. No dia a seguir telefonaram-me. Gostei do trato e da forma simples e prática como me responderam às minhas questões. Sem merdas, sem truques. Dois dias depois fui lá. Top! Boas instalações, piscina grande com tecto panorâmico (já fiz natação num piso -2, isto passou a ter muita importância para mim!), mapa de aulas diversificado, o preço altamente convidativo e, cereja no topo do bolo, sem contratos! No dia a seguir, liguei de volta e combinei de hoje lá ir efetivar a inscrição. Como estamos na última semana do mês, posso fazer aulas já esta semana embora só pagando a partir do próximo mês. Então hoje de manhã vim de armas e bagagens para, depois de tratar da inscrição, fazer uma aula. Pilates tinha decidido olhando para o mapa. Mas, ao início da tarde, como nunca fiz nenhuma aula de Pilates antes, resolvi pesquisar um pouco sobre a modalidade. Inclusivamente na página do ginásio vi fotos de uma aula. E percebi que fazem as aulas em meias. Meias escuras. E percebi que eu trazia meias brancas. Manchadas do uso com sapatilhas pretas! Lavadas, atenção! Mas manchadas. E ninguém sabe se estão lavadas ou não, não é? E é a primeira aula... Não vai dar para ir! Não assim! Não sabia, não posso ser recriminada por isso! E não são desculpas!
Também há localizada à mesma hora. Mas recuso-me. É que nem adianta virem-me com aquela conversa do esforço e da força de vontade. Não quero saber! Tenho 32 anos e conheço-me suficientemente bem para saber como ia correr! Ou vou para lá fazer coisas que gosto e que me apetecem ou então mais vale poupar uns euros. Odeio sequências repetitivas. Ao fim de 10 minutos já estou a pensar na minha vida toda e para além de não relaxar minimamente venho de lá toda empenada. Nah, nah! Não me apanham nessa merda!
Sobre cycling e circuito funcional nem me pronuncio.
Depois apercebi-me de outras coisas. Esqueci-me da touca (pois até podia dar umas braçadas!). Mas sem touca nada feito! Assim como não trouxe champô e teria de molhar o cabelo. Para qualquer outra aula sem ser natação preciso das lentes de contacto. Tirando os óculos (por causa da transpiração, quem usa óculos sabe do que falo...), corria o risco de fazer uma aula inteirinha de Step a tentar perceber quem era o professor e que porra de dança da chuva é que ele andaria a fazer!
Enfim. Vou lá inscrever-me. Há que começar por algum lado.

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Made my day

Pela manhã comentei com um colega sobre o seu aniversário que é este fim de semana. E disse-lhe que ele era um jovem nos seus trintas quando eu o conheci (agora vai fazer 43). E ele diz que eu era uma miúda. E que se lembra da sua primeira impressão sobre mim : "esta tem pêlo na venta!" "Ainda me sinto uma miúda", disse. 
"Mas não és. És uma mulher com espírito jovem, mulher de muitas causas, mulher de armas e de lutas, com um enorme sentido de justiça."

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Do sossego

Apetece-me uma tarde de chuva, em casa, ficar o dia todo de pijama e pantufas, cabelo num carrapito desordenado. Café, torradas. O cheiro do café. Os gatos, preguiçosos. A luz que vem de fora, lenta.A paz de uma casa silenciosa. Talvez a tv ao fundo. Ou Buika, talvez Buika. A sua música tem a cor do Outono, a mesma temperatura. Incenso. Um livro. Uma manta. Às vezes o sossego é simples. Às vezes é so isto que se precisa. Bon weekend.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Vai ser ganda rock este jantar!

Fui ao supermercado na hora de almoço a ver se conseguia algum peixe fresco que me agradasse para fazer ao jantar, no único serão normal desta semana. O único em que até então estarei em casa ao jantar, em que vou ter tempo para fazer um jantar melhorado e estar à mesa tranquilamente. Pensava eu. 
Eu não compro nem peixe espanhol nem de aquacultura o que me reduz desde logo as possibilidades de comprar peixe num supermercado. Os robalos eram de aquacultura, as douradas também.. Dei uma vista de olhos ao que era capturado no mar..e vi uns peixes jeitosos com bom aspecto, escama brilhante, olho limpo. Não conhecia o nome, certamente que nunca comi mas resolvi arriscar. 
Cheguei ao escritório e digitei no Google: salema. Diz assim a Wikipédia:

"Em determinadas condições a ingestão da espécie pode causar ictioalienotoxismo nos humanos, um estado caracterizado por perturbações do sistema nervoso central, de que resultam alucinações. O conhecimento desta propriedade da salema remonta à antiguidade clássica, existindo relatos que apontam para o consumo de Sarpa salpa como droga recreativa nos tempos do Império Romano.

A possibilidade do consumo de salema ter efeitos psicoactivos recebeu grande publicidade quando a comunicação social divulgou um incidente ocorrido em 2006, quando dois homens comeram salema num restaurante mediterrânico e reportaram efeitos alucinogénios auditivos e visuais. Estas alucinações, descritas como assustadoras, terão tido início alguns minutos após a ingestão e durado cerca de 36 horas.

Ictioalienotoxismo, ou envenenamento alucinogénio causado por peixes, é relativamente comum nas regiões tropicais, mas no caso da salema é incomum, sendo a espécie consumida em grandes quantidades em ambas as margens do Mediterrâneo sem lhe serem apontados casos relevantes. Os efeitos alucinogénios são atribuídos à bioacumulação de compostos psicoactivos presentes nos organismos planctónicos de que a espécie se alimenta. Os efeitos psicadélicos, por vezes referidos como semelhantes aos do LSD, parecem resultar da presença de indole e de triptamina."
Antes do supermercado, ao telefone com Mais-que-tudo, dizia eu: "fazemos um peixinho, abrimos um vinho..."
Se a meio do dia de amanhã não tivermos aparecido em lado algum ou não estivermos online, eu espero que alguém nos vá procurar...



quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Da sinceridade

Perdoem-me se isto pode parecer bem mauzinho mas há pessoas que precisavam de uma boa dose de sinceridade na vida delas. Precisavam que alguém lhes dissesse sinceramente que são muito parolas. Umas matronas. Uns azeiteiros. Que lhes fica mal o cabelo amarelo palha e a raiz escura. Que lhes fica mal o óculo de sol tipo mosca, espelhado. Que lhes fica mal tudo em exagero: as unhas com decorações, cordões ao pescoço, bling-bling em demasia, tudo a brilhar que até fere a vista. Matronas. Broncos. Mamalhudas com decotes escandalosos.Tatuados com camisolas justíssimas e decotes que vão até ao umbigo. Os carros com as janelas abertas ouvindo-se kizomba a 50 metros da viatura. Não pah! A malta não te está a achar o maior!
A sério malta. Queira que na vida vos apareça alguém que vos diga: és ganda brolho! 
Acho que seria terapêutico, vá.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Monday, Monday

Segundas-feiras nunca são dias fáceis mas porra... hoje está a bater todos os recordes da insanidade. Instalaram uns secadores de mãos nos wc's que se ouvem a quilómetros! Já não basta a copa, a máquina do café e, mais recentemente, alguém que decidiu trazer uma varinha mágica,..
Nem estando a ouvir heavy metal aos berros um gajo deixa de os ouvir. É insuportável! Ou vamos ficar malucos ou vamos ficar surdos! Ou as duas coisas. (Dá direito a pensão por invalidez?) E a atitude mesquinha desta gente que se queixa por entre dentes, dizem mal de tudo e são incapazes de tomar uma atitude?
Entretanto perguntam-me algo tipo "que raio é isto de haver um acordo entre o BE e PS?", apenas o grande assunto da última semana.. Convém lembrar que ainda não se sabe quem vai ser o próximo governo.. Hello? Terra?
E o meu bloqueio criativo que continua? E porque ninguém faz o que eu peço ao fim destes anos a tentar explicar que, para poder fazer os trabalhos que me pedem, preciso de informação, de planeamento?


sexta-feira, 9 de outubro de 2015

ARGHHH!!!

Alert! Criatividade a zero! Acho que nunca me aconteceu semelhante coisa! Só tenho que fazer um site simples em Wordpress...não atino com o tema a usar! Daqui a bocado estou a comer um croissant de chocolate se isto não se resolve!!!

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Sabedoria popular

E não é uma sabedoria popular qualquer! Tem sotaque do Norte! Na fila do supermercado que estava atascado, diz a senhora que estava à minha frente e que já não ia para nova:
"Fôgo, tanto tempo! Demoraba menos emprenhar uma belha!"

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Muita comichão que tudo isto me faz: tinha, tenho e eleições

Mais 4 anos com estes gajos, vão-nos lixar o cabedal TODOS OS DIAS! Não vai restar nadinha! Agora é que vai ser fazer e desfazer impunemente. Ah vai, vai! Porque o PS que é pior corja do que estes PAF's, que era o único que podia fazer alguma coisa para mudar este sistema, vai coligar-se à DIREITA! Sim, o PS! Aquele que, entre outros, tantas vezes disse que votar CDU era votar na direita! Ora, o PS encarrega-se bem de dar colinho à direita sem precisar de mais ninguém! Dos PSD's e dos CDS's a gente sabe bem o que eles defendem e o que são. Afirmam o que são sem margem para enganos, ponto final. Acho muito mais reles e baixo o PS que deveria ser um partido de esquerda ser o maior lambe botas da história política em Portugal! Que corja mais vendida e sedenta de poder! Em toda a imprensa internacional é sentida a surpresa. Fomos o único país que validou um governo que implementou medidas de austeridade. O único! E esta cambada de abstencionistas, gentinha mais desinteressante? Havia de lhes crescer uma pila na testa para todos sabermos quem são e, sempre que abrissem a boca para criticar o sistema, levavam duas lapadas na hora!
Entretanto, mais que nunca, as supostas borbulhas lavravam-me no corpo. Ontem, não aguentando mais, fui à minha médica de família. Ainda nem me tinha sentado à frente dela, já ela fazia o diagnóstico: "ui, micose dos gatos!" "Desculpe?!" Pois, ou mais vulgarmente, a tinha. E bem que gostaria de conjugar esse tempo verbal para me referir à porra da coisa mas ainda a tenho, à tinha! E tem o Chiquinho também. E pedimos a todos os deuses deste universo que nem o Mais-que-tudo nem a minha Pancha tenham. Só para o xarope do gato foram 52€. E dormir minha gente? Parece que tenho o diabo in personam a fazer-me cócegas. Coitadinho do Chico está novamente isolado! Entretanto vai aprendendo a miar.. Cola-se ao vidro e mia "porque me voltaste a fechar aqui?!" Eu não posso fazer festas a nenhum dos dois e também não devo fazer festas ao Mais-que-tudo... Tratamento? Sim, um mês! UM MÊS com esta porra!
No fim, é caso para dizer que esta merda toda me faz muita comichão...

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Das eleições

Nunca me passou pela cabeça, desde que o posso fazer, não votar. Em casa sempre me explicaram que houve um tempo em que não se o podia fazer, não tínhamos esse direito. Mais tarde percebi que um pouco por todo o mundo o direito ao voto pelas mulheres foi ainda um parto mais difícil. Acredito na democracia. Por muito que estejamos descontentes com este sistema, é nele que vivemos. É para ele que trabalhamos. É para ele que fazemos descontos. É a ele que recorremos quando queremos saúde e educação, etc..
O meu direito ao voto foi viabilizado há 14 anos quando atingi a maioridade. Já planeei férias em função da data das eleições. É um dever. Não sendo cumprido não temos o direito de reivindicar direitos. Estão descontentes? Votem diferente! Mas votem! E votem bem! Os chamados partidos do arco da governação têm dado resposta aos vossos anseios e problemas? São quase 40 anos de ping-pong entre os mesmos. Ao que nos trouxeram?
Domingo vou votar. Vou votar no intervalo para almoço pois estou nas mesas de voto desde as 7h da manhã. E vou votar na CDU. Voto CDU porque acredito numa sociedade melhor, avançada, onde as pessoas são o seu motor. Uma sociedade mais justa onde cada um tenha a sua oportunidade de ser feliz, onde cada um tenha direito a uma vida digna. Para mim, o sonho tem partido. 
Vou votar em respeito aos que lutaram para termos esse direito hoje. 
Votem para que não sejam outros a escolher por vós.