segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Até sempre Sr. Camaleão

Música é uma parte muito importante de mim. Não vivo sem ela. Associo momentos importantes da minha vida a determinadas musicas. Música é memória. Foi pela mão do meu pai, desde idade tenra, que me apaixonei pelos grandes, pelos clássicos. Bowie foi um deles. E ele foi-se. Foi-se 2 dias após ter lançado o seu mais recente álbum. Partilhei em casa, que tinha esperança que na tour deste álbum ele cá viesse ou passasse pelo menos perto o suficiente para o ir ver. Pelo menos uma vez na vida tinha de o ir ver, desse por onde desse. E por isso, hoje de manhã, não quis acreditar quando li. Bowie partiu. Associo tantas músicas a períodos tão bons da minha adolescência..! As noites no Batô, no BláBlá. Os namoricos, as ganzas, grandes viagens. O meu pai.
Mais um dos meus tão grandes que não tive oportunidade de ver em vida. Há merdas na vida que um gajo nunca deve deixar passar quando tem oportunidade. Porque pode ser a última. Para mim, será eterno porque com ele, além do génio, ficam memórias. Muitas. Até qualquer dia Sr. Camaleão.